Please enable JS
DEPOIMENTOS
img
Kledir Ramil
Músico Gaúcho

Para Kleiton e eu criarmos as canções do CD “Par ou Ímpar” foi preciso desenvelhecer um pouco até chegar àquele estado de pureza onde a fantasia se confunde com a realidade. Foi muito bom, nos divertimos à beça e conseguimos resgatar uma monte de coisas boas que a gente vai perdendo pelo caminho. Quando começamos a pensar como seria o show de lançamento do disco, caímos na real: não teria a menor graça para a gurizada assistir a dois tiozinhos com violão na mão.

Foi aí que pensamos no THOLL, somamos as nossas loucuras e meu coração perdeu o controle. Sabe amor à primeira vista? Tipo isso. O THOLL me seduziu definitivamente e potencializou aquela ideia de “enquanto o mundo gira, a gente brinca”.

Nosso encontro com essa cambada de malucos geniais, capitaneada pelo louco e talentoso diretor João Bachilli, gerou um clima de entusiasmo contagiante e fez surgir um espetáculo musical, teatral e circense visualmente deslumbrante. Uma festa de alegria e bom humor, construída pela exuberância cênica do Grupo THOLL. E o melhor de tudo é que as crianças adoram.

Enfim, a história é essa. Juntamos nossos trapinhos, nossos sonhos, nossos delírios e montamos um espetáculo que nunca vai sair de cartaz... Bem, pelo menos enquanto eu tiver fôlego e o Kleiton tiver pernas pra pular corda.

img
Kleiton Ramil
Músico

“Uma criança que flutua sobre um pequeno planeta mágico já seria o suficiente para conquistar o mundo, mas a performance da OPTC é uma dádiva para as artes cênicas. Enche o coração de emoção e orgulho ver estes jovens artistas do sul do Brasil desfilarem seu impressionante talento raramente encontrado até mesmo no exterior.


O diretor João Bachilli encontrou a química exata para o espetáculo, equilibrando a história narrada, os personagens criados, a iluminação, cenários e coreografias, tudo isso carregado de muito lirismo tendo o humor como contraponto. Não quero ser vidente mas aguardem: a OPTC vai viajar muito e conquistar o planeta."

img
Lígia Antunes Leivas
Membro do Conselho Editorial da Universidade Federal de Pelotas e da Academia Sul-Brasileira de Letras.

Assisti a um espetáculo majestoso: Tholl. Entrei no teatro. Comprei o último ingresso; sentei no único lugar disponível. Em seguida se abriram as cortinas do palco. Música, luzes, acrobatas, atores, atrizes, cenário, guarda-roupa, ritmo, energia: um mundo de magia dança ante nosso olhar, dança para todos os olhos. Lindo! A emoção toma conta da platéia que se manifesta através dos “bravo!", dos aplausos entusiasmados. A performance é perfeita. Das gargalhadas à garganta embargada, assiste-se a Tholl com os olhos arregalados, o coração feliz, a intenção íntima de que aquela noite seja eterna! Mas... lástima... é chegada a hora de o show terminar... Arte, harmonia, competência, desempenho exímio, desafio, encantamento: tudo isso é Tholl e mais tantas outras impressões cujas palavras não conseguem expressar o bailado que Tholl faz dentro de nós. Parabéns aos criadores de Tholl! Felizes estamos todos que vivemos com Tholl o prazer da arte.

img
Luciano Huck
Apresentador da Rede Globo / Caldeirão do Huck

O Tholl foi uma grata surpresa que cruzou meu caminho ha quase 10 anos. Eles fazem parte da história do Caldeirão, e sinto orgulho de fazer parte da história deles, também.

img
Maíra Lessa
Apresentadora RBS TV Pelotas / Jornal do Almoço

Sabe aquele mundo incrível de possibilidades? É o Tholl. Inquieto, sedutor e que arrebata quem está na plateia. Em mim, o grupo desperta as mais diferentes sensações. Me faz rir, vibrar, sonhar. Fico hipnotizada. Estar pertinho da ousada trupe pelotense é, também, sentir coragem, além de orgulho: o Tholl é nosso.

img
Marília Pêra
Marília Pêra - Atriz (entrevista à revista Caras, edição 720)

Eles têm o nível de qualidade do Cirque du Soleil. São incríveis, muito bem preparados, com técnica bastante apurada.

img
Paulo Gasparotto
Jornalista

A expectativa com o grupo Tholl determinou o aumento do número de apresentações no Theatro São Pedro na temporada que se encerra hoje. O grupo de jovens, que representa com talento a criatividade e fantasia da nova geração de Pelotas,tem sido aplaudido com entusiasmo pelo público que, ao término dos espetáculos, levanta para festejar os artistas. Tanto pelo lado circense como pela atmosfera romântica e colorida, as apresentações fazem lembrar as criações poéticas de Federico Fellini. Eva Sopher, que é fã de carteirinha do grupo, comenta seu entusiasmo e emoção a cada sessão a que assiste.João Bachilli e os participantes do Tholl despedem-se depois de uma temporada de sucesso completo. A partir de amanhã, o grupo começa nova turnê por várias cidades brasileiras".

img
Rodrigo Sandri
Produtor Opus Promoções - Porto Alegre

Tholl, comovente! Um espetáculo muito bem construído, com tratamento impecável que provoca sensações surpreendentes. Figurino impressionante. Indiscutivelmente talentoso !!

img
Sérgio Sisto
Maestro da SPMM - Pelotas/RS

Tholl, Imagem e Sonho nos leva ao verdadeiro significado da frase proposta acima. O grupo trabalha com sincronismo ideológico, liderança marcante e participação de todos seus membros em todas as fases desse processo criativo. É sem dúvida um exemplo bem-sucedido do resgate social que a arte pode oferecer. Deus abençoe estes jovens corações cheios de puerilidade e esforço artístico sério. Parabéns e obrigado pelo exemplo!!!

img
Therezinha Röhrig
La Röhrig - (Therezinha Röhrig - soprano)

THOLL é arte, encantamento, beleza e sonho...
THOLL é sincronia de cores, movimentos, leveza e graça...
THOLL é muita disciplina, trabalho e sensibilidade...
THOLL me levou às lágrimas !!!

NOSSOS PARCEIROS

Centro de Treinamento

  • R. Garibaldi, 630 / Pelotas-RS
  • +55 53 98118.4265
  • contato@grupotholl.com

João Bachilli

  • direcao@grupotholl.com
  • +55 53 99109.7239

Elaine Acosta

  • producao1@grupotholl.com
  • +55 53 3025.6637 / 3222.6637

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER